AS TRAÇAS E AS ROUPAS

As traças de roupas

seg, 27/01/2014 – 15:58

Enviado por jns

Normalmente chamamos de traça aqueles casulos prateados, às vezes brancos, parecidos com semente de abóbora e que costumamos encontrar grudados por uma das extremidades em tetos, paredes ou armários.

É sobre eles que colocamos a culpa pelo aparecimento de roupas roídas em uma associação que está certa apenas parcialmente.

Estes casulos são as pupas da traça, que darão origem à traça adulta que apresenta asas e é uma mariposinha de cor clara e com tufos de pêlos avermelhados em sua cabeça.

Só que, tanto a traça adulta quanto a sua pupa não se alimentam, quem faz estragos nas nossas roupas são apenas as larvas das traças.

Elas se alimentam apenas de lã ou de outros tecidos à base de pêlos naturais, já que o que consomem é a queratina existente nestes materiais.

Outros tipos de tecidos como algodão e qualquer outro de fibra vegetal só serão atacados se estiverem impregnados com suor, óleo do couro cabeludo, ou alimentos como cerveja, leite e etc.

Como estas larvas ficam aderidas às fibras das roupas e são de difícil visualização, só o fato de não se guardar roupas usadas já ajuda no controle destes insetos.

Eles vão consumindo o tecido até estarem prontos para formar as pupas, quando então saem da roupa à procura de frestas.

Fonte: http://www.blogdaspragas.com.br/traça

2 Responses to AS TRAÇAS E AS ROUPAS

  1. Matheus disse:

    Obrigado pela divulgação. Agora entendi porque há um tempo atrás minhas roupas (e do meu pai também) apareceram com furinhos, e a gente nunca via traças pelo guarda-roupa nem pela casa…

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: